Muitas vezes determinar qual o melhor tratamento para dependentes químicos, é um fator muito importante para que o paciente seja conduzido a uma clínica de recuperação que realmente o ajude e o leve a uma reabilitação eficaz e definitiva. Vamos tentar de uma fora clara te mostrar as opções de internações disponíveis para tratar um paciente com vícios em drogas e alcoolismo.

A dependência química sempre causa dor e sofrimento aos familiares dos usuários de drogas e o dependente também sofre com tudo isso, mas o vício acaba sendo maior que a dor e por isso ele resiste ao tratamento a todo custo.

No entanto, o resgate para dependentes químicos surge como uma luz no fim do túnel para muitas famílias que desejam ficar longe dos problemas gerados pelo uso de drogas. O que é importante quando a família contrata uma empresa de resgate é que ela seja o mais verdadeira possível na transmissão das informações solicitadas pela equipe, pois elas serão utilizadas para compor a estratégia do resgate e a composição da equipe indicada para o trabalho.

Incentivo à mudança de comportamento

Estabelecer condições para que o paciente consiga mudar de comportamento é uma das metas que devem ser trabalhadas seriamente. Mediante isso, convém evitar quaisquer formas de contato com amigos que usam drogas ou outros fatores desencadeadores do transtorno.

Como parte do tratamento, os familiares devem ser orientados a impedir, de forma incisiva, qualquer aproximação do paciente com locais suspeitos de consumo de tóxicos.

Além disso, deve-se evitar também o uso de bebidas alcoólicas: o álcool entorpece as faculdades mentais, atrapalha a desintoxicação e aumenta o risco de recaída. Isso quando o paciente não está em tratamento por dependência alcoólica.

Logo, nessa fase, é muito importante manter um diálogo aberto com o paciente e insistir para que ele não desista do tratamento em clínicas de recuperação. Os profissionais envolvidos devem salientar como o “não ao entorpecimento” traz novos significados à vida e sinaliza maiores expectativas quanto ao futuro.

Como acontece o acompanhamento psicoterapêutico?

A ação psicoterapêutica consiste na combinação de remédios e terapia. São diversos estágios determinados por importantes linhas metodológicas. Assim, a tarefa da equipe multiprofissional — médicos, psicólogos, enfermeiros e terapeutas ocupacionais — fornecerá todo o suporte necessário ao tratamento.

Dessa forma, o trabalho fica concentrado em medidas com vistas à desintoxicação e ao empoderamento exigido ao abandono definitivo do vício.

Como medidas de prevenção contra as recaídas, é preciso que os profissionais façam sucessivas avaliações da proposta terapêutica. Essa conduta favorece a percepção da necessidade de ajustes que tornem as intervenções mais eficientes.

O que é Dependência Química?

A dependência química caracteriza-se pelo uso abusivo e contínuo de substâncias nocivas a saúde, tanto lícitas quanto ilícitas. O indivíduo fica em um estado alterado de consciência, o que prejudica o julgamento acerca de si mesmo e da realidade a sua volta. Além disso, ele passa a acreditar que a droga é tão ou mais necessária que o alimento, água, repouso, segurança etc.

É muito comum que os dependentes recusem-se a procurar um tratamento, acreditando que isso seja uma demonstração de fraqueza ou incapacidade de superar seus problemas. A verdade é que abandonar uma droga a qual se está dependente, não é uma questão apenas de força de vontade, pois o uso frequente da droga provoca uma real alteração no organismo do usuário e por isso precisa ser tratado.

Quais os melhores tratamentos para dependentes químicos?

Confira as melhores opções de tratamento para a reabilitação mental e física dos usuários de drogas.

Tratamento interno

A internação garante que o usuário receba cuidados e apoio de uma equipe multiprofissional. O tempo necessário ao processo de internação varia conforme a necessidade e a condição de saúde do paciente.

Além de afastar o usuário de pessoas ou de locais com consumo de drogas, em um hospital especializado, o trabalho de ressocialização é essencial ao retorno do paciente ao convívio com a sociedade.

Tratamento externo

Essa modalidade permite que o paciente durma em casa e retorne ao hospital ou consultório dos profissionais conforme o agendamento. Essa terapia é indicada para os casos mais simples e de menor risco, nos quais o usuário se submete ao tratamento integrado ao apoio psicológico, mas não necessita de internação.

Tratamento com internação parcial

A internação parcial é a combinação entre os tratamentos interno e externo. Sendo assim, o indivíduo recebe toda a atenção necessária durante o dia e, ao final da tarde, retorna para casa.

Tratamento hospitalar

Quando o dependente químico representa uma ameaça a si e aos outros é indicada a internação hospitalar mais restritiva. Nesses casos, a gravidade do problema exige um monitoramento contínuo pela equipe multidisciplinar.

Nessa modalidade de tratamento, o acompanhamento dos familiares, apenas de forma monitorada, é solicitada conforme a necessidade.

De acordo com a OMS, a dependência química pode ser descrita como um conjunto de fatores de ordem comportamental, fisiológica e cognitiva que um indivíduo desenvolve após o uso contínuo de uma determinada substância.

Apesar de muitas pessoas possuírem esse problema, na maior parte das vezes elas não o reconhecem, seja de forma intencional ou não, bem como seus amigos e familiares também não fazem ideia.

dependência química é um problema de grande gravidade que realmente afeta a vida de uma pessoa e que precisa de muita atenção daqueles próximos a ela.

Qual o melhor tratamento para dependentes químicos?

É preciso que seja realizado o tratamento necessário e devido, de modo a conseguir combater o problema para que a pessoa possa ter a chance de recuperar-se plenamente.

Uma grande parte da população acredita que a dependência química diz respeito apenas ao vício em substâncias como as drogas ilícitas, como é o caso da maconha e da cocaína (que possuem substâncias psicoativas).

Entretanto, o vício em álcool ou em fumo, muito mais comuns do que se imagina, também são considerados como tipos de dependência química, assim como o uso substâncias farmacológicas (como remédios para dor).

Saiba quais são as principais diferenças do tratamento feminino e masculino para dependência química

Realmente existem diferenças no tratamento feminino e masculina para dependência química, sendo que as clínicas devem então trabalhar com métodos específicos voltados para esse publico em questão. Certamente as pessoas devem entender que existem muitas diferenças entre o organismo feminino e o masculino, sendo que existem ainda também algumas divergências culturais que são capazes de influenciar muito no tratamento e ainda no quadro de dependência em si.

Logicamente é válido ressaltar que os vícios em geral acabam aparecendo da necessidade de fugir de uma realidade, que por determinada razão acaba sendo insuportável, sendo assim, sabemos que as mulheres ainda são capazes de se mostrar mais sensíveis do que os próprios homens. Sendo assim, com a diferença principalmente no plano emocional, isso acaba levando ainda à necessidade de intervenções bem especificas para suas necessidades, além disso, esse fator acaba exigindo o acompanhamento de uma equipe de profissionais preparada e voltada para lidar com isso.

Quando as clínicas fazem isso, sabemos que melhores resultados acabam sendo alcançados, sendo que essas formas de tratamento são completamente baseadas em estudos bem específicos que são ainda voltados para pacientes do gênero feminino. Logo isso acaba garantindo ainda que a paciente realmente receba a atenção adequada, e que tudo seja feito de acordo com suas características psicológicas e sociais.

Mesmo que ainda seja um tabu muito grande no país, é preciso falar mais abertamente sobre o assunto, cada vez mais, de modo que as famílias possam aceitar e auxiliar seus parentes com dependência química.

Uma das formas de se fazer isso é falando-se a respeito dos tipos de tratamentos para dependentes químicos existentes.

Resumo: Ter um dependente químico ou alcoólico na família é algo extremamente difícil porém os cuidados citados neste conteúdo te levaram a ter um tratamento de qualidade e com a confiança de estar fazendo a reabilitação em um lugar que te trará resultados.

Um único tratamento não é apropriado para todas as pessoas, visto que cada um possui necessidades específicas e personalidade própria. Baseado nessa premissa decidimos criar um tratamento exclusivo para as mulheres e homens.

Cada atendimento é feito com excelência e a clínica de recuperação prima por seu respeito e carinho com cada paciente, vale ressaltar que o Guia Clínicas conta com unidades em todo Brasil.

Para marcar uma visita e obter informações com nosso time de atendimento ligue:

Fixo: +55 (11) 4249-2545

WhatsApp: (11) 94797-6909

Responder